Fazemos gestão de carreira de atores em Televisão, Cinema, Publicidade, Teatro e Entertainment.

Previous
Next

Fernando Luís é o Diácono Miguel Brito na novela da SIC “Por Ti” | Produção SP Televisão

Foi educado numa família católica e apesar de ter percebido, muito cedo, que o pai não seguia tudo o que apregoava, a sua fé nunca foi abalada. Pelo contrário, desde que viu o pai a trair a mãe decidiu ser padre. Mas a sua vocação foi posta à prova por Isabel e numa noite, a tentação foi mais forte do que a razão, com os dois a perderem a virgindade juntos. Miguel sabia que

Continuar a ler...

António Melo é Constantino na novela da TVI “Rua das Flores” | Produção Plural Entertainment

Constantino | Interpretado por António Melo Já todos ouviram falar da “pessoa certa no lugar certo”? Já do Constantino é que não. Homem nos 50, ex-empregado de mesa e atual dono do Hostel. Casado com Íris. Trambiqueiro, engana os clientes colocando fotos da net a anunciar o seu hostel todo podre. Vende quartos deluxe superior quando na realidade são camaratas partilhadas por residentes habituais. Tem uma admiração enorme pela mulher, que

Continuar a ler...

Heitor Lourenço é Valentim Valério na novela da Sic “Amor, Amor” | Produção Sp Televisão

Dizem que Valentim Valério é o herdeiro das grandes vozes emblemáticas portuguesas. Um homem que construiu uma carreira de mais de 20 anos assente no seu eterno charme, mas cuja vida privada é um mistério. Valentim nasceu Armando, mas não trabalhou no campo, como apregoa e as suas origens humildes, apenas têm uma ponta de verdade… Criado pelo pai, que enviuvou cedo, cresceu num faustoso hotel, onde o pai era chefe de

Continuar a ler...

Fernando Luís é Alfredo Machado na 2ª Temporada da série “3 Mulheres: Pós Revolução”, de Fernando Vendrell e produção David&Golias, para a RTP1 e RTPplay

“3 Mulheres” é uma série de ficção que, a partir das biografias e da intervenção cultural e cívica da poetisa Natália Correia, da editora Snu Abecassis e da jornalista Vera Lagoa (pseudónimo de Maria Armanda Falcão), recorda os últimos anos do Estado Novo – 1961 e 1973 – do início da Guerra colonial à véspera da Revolução de Abril. A ação e os percursos cruzados de mulheres como Snu, Natália

Continuar a ler...

Luís Filipe Eusébio é Francisco Sá Carneiro na 2ª Temporada da série “3 Mulheres: Pós Revolução”, de Fernando Vendrell e produção David&Golias, para a RTP1 e RTPplay

“3 Mulheres” é uma série de ficção que, a partir das biografias e da intervenção cultural e cívica da poetisa Natália Correia, da editora Snu Abecassis e da jornalista Vera Lagoa (pseudónimo de Maria Armanda Falcão), recorda os últimos anos do Estado Novo – 1961 e 1973 – do início da Guerra colonial à véspera da Revolução de Abril. A ação e os percursos cruzados de mulheres como Snu, Natália

Continuar a ler...

Jorge Vaz Gomes é Ary dos Santos na 2ª Temporada da série “3 Mulheres: Pós Revolução”, de Fernando Vendrell e produção David&Golias, para a RTP1 e RTPplay

“3 Mulheres” é uma série de ficção que, a partir das biografias e da intervenção cultural e cívica da poetisa Natália Correia, da editora Snu Abecassis e da jornalista Vera Lagoa (pseudónimo de Maria Armanda Falcão), recorda os últimos anos do Estado Novo – 1961 e 1973 – do início da Guerra colonial à véspera da Revolução de Abril. A ação e os percursos cruzados de mulheres como Snu, Natália

Continuar a ler...

Rafael Gomes é José António na 2ª Temporada da série “3 Mulheres: Pós Revolução”, de Fernando Vendrell e produção David&Golias, para a RTP1 e RTPplay

“3 Mulheres” é uma série de ficção que, a partir das biografias e da intervenção cultural e cívica da poetisa Natália Correia, da editora Snu Abecassis e da jornalista Vera Lagoa (pseudónimo de Maria Armanda Falcão), recorda os últimos anos do Estado Novo – 1961 e 1973 – do início da Guerra colonial à véspera da Revolução de Abril. A ação e os percursos cruzados de mulheres como Snu, Natália

Continuar a ler...

João Luís Silva é Guilherme na 2ª Temporada da série “3 Mulheres: Pós Revolução”, de Fernando Vendrell e produção David&Golias, para a RTP1 e RTPplay

“3 Mulheres” é uma série de ficção que, a partir das biografias e da intervenção cultural e cívica da poetisa Natália Correia, da editora Snu Abecassis e da jornalista Vera Lagoa (pseudónimo de Maria Armanda Falcão), recorda os últimos anos do Estado Novo – 1961 e 1973 – do início da Guerra colonial à véspera da Revolução de Abril. A ação e os percursos cruzados de mulheres como Snu, Natália

Continuar a ler...

Álvaro Faria na 2ª Temporada da série “3 Mulheres: Pós Revolução”, de Fernando Vendrell e produção David&Golias, para a RTP1 e RTPplay

“3 Mulheres” é uma série de ficção que, a partir das biografias e da intervenção cultural e cívica da poetisa Natália Correia, da editora Snu Abecassis e da jornalista Vera Lagoa (pseudónimo de Maria Armanda Falcão), recorda os últimos anos do Estado Novo – 1961 e 1973 – do início da Guerra colonial à véspera da Revolução de Abril. A ação e os percursos cruzados de mulheres como Snu, Natália

Continuar a ler...

Rita Calçada Bastos é Blackie, em “BOOM”, de Tennessee Williams, encenado por Miguel Loureiro | 8 a 10 de Abril, no CCB

Autoria Tennessee WilliamsTradução e dramaturgia Miguel Graça; Encenação Miguel Loureiro; Cenários André Murraças; Figurinos Fernando Alvarez; Luzes Daniel Worm; Som Sérgio Milhano/Pontozurca; Cabelos Natália Bogalho; Maquilhagem Jorge Bragada; Produção executiva Nuno Pratas; Interpretação Álvaro Correia, António Ignês, David Almeida, João Gaspar, João Sá Nogueira, Miguel Loureiro e Rita Calçada Bastos.  Fotografia de ensaio: Daniel Worm

Continuar a ler...

Rita Cabaço e Teresa Coutinho em “AINDA MARIANAS”, com assistência de encenação de Rafael Gomes | 21 de Abril a 8 de Maio, no Teatro Nacional D. Maria II

Criação e dramaturgia Catarina Rôlo Salgueiro, Leonor Buescu, a partir de Novas Cartas Portuguesas de Maria Isabel Barreno, Maria Teresa Horta e Maria Velho da Costa, e do seu julgamento com Ana Baptista, Rita Cabaço, Teresa Coutinho; assistência de encenação Rafael Gomes desenho de luz Manuel Abrantes; desenho de som André Pires; cenografia Ângela Rocha; figurinos Ângela Rocha, Catarina Rôlo Salgueiro, Leonor Buescu; assistente de desenho de luz Diana dos Santos; produção executiva Leonardo Garibaldi;

Continuar a ler...

Nídia Roque em “História de Babar, o Pequeno Elefante”, de Jean de Brunhoff | 28 a 30 março às 10h e às 11h30 | 9 e 10 de abril às 11h30, no CCB

O projeto História de Babar, o Pequeno Elefante propõe a adaptação cénica de Histoire de Babar, le Petit Éléfant, de Jean de Brunhoff, a partir do conceito de piano e narrador proposto por Francis Poulenc.Publicada pela primeira vez em 1939, a história de Jean de Brunhoff,  dirigida para o público infantil, e acompanhada por ilustrações do próprio autor, conta a história de um pequeno elefante, de como ele perdeu a

Continuar a ler...

João Craveiro, Rodrigo Tomás, Vasco Temudo, Tiago Fernandes, Vasco Barroso e André Patrício em “Salgueiro Maia – O Implicado”, um filme de Sérgio Graciano | Argumento de João Lacerda Matos

Através de uma abordagem moderna, intimista e emocional, Salgueiro Maia – O Implicado retrata as histórias que ainda não foram contadas sobre o Capitão de Abril. As pequenas revelações que permitem perceber melhor de onde vinha a moderação, a valentia, a educação e a firmeza com que sempre se apresentou publicamente, e que foram a chave para que a Revolução dos Cravos tenha sido como foi.

Continuar a ler...

“MARÁIA QUÉRI”, com direcção artística e interpretação de ROMEU COSTA | De 16 Fevereiro a 6 Março, no TNDMII

direção artística e interpretação Romeu Costa assistência artística e direção plástica Marta Carreiras texto Raquel S. assistência de encenação Tadeu Faustino e Ana Bento desenho de projeção José Freitas desenho de luz Nuno Meira assessoria musical Isabel Campelo e Filipe Melo produção executiva Maria Folque coprodução Teatro Nacional D. Maria II, Teatro Municipal de Matosinhos Constantino Nery apoios coprodução no âmbito do programa de residências artísticas 21/22 do CAMPUS Paulo

Continuar a ler...

Rita Calçada Bastos | Novo Agenciamento

Rita Calçada Bastos trabalha como actriz desde 1999. Licenciada em Formação Atores/Encenadores pela Escola Superior de Teatro e Cinema. No Teatro tem trabalhado com vários encenadores como: Carlos Avilez, Carlos Pimenta, Nuno M. Cardoso, Carla Bolito, Carlos António, Martim Pedroso, António Feio, João Brites, José Wallenstein, Álvaro Correia, Nuno Pino Custódio, Luca Apprea, Martim Pedroso, Pedro Gil, entre outros, e em dança com a coreógrafa Olga Roriz. No Cinema fez diversas

Continuar a ler...

Patrícia Pinheiro | Novo Agenciamento

Iniciou a formação no BalleTeatro Escola Profissional; Licenciada em Estudos Artísticos – variante Artes e Culturas Comparadas pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e Pós – Graduada em Escrita de Ficção sob direcção de Filipa Melo, para além de diversas formações complementares, destacando-se a École des Maîtres 2015 Foi dirigida e trabalhou com Ivica Buljan, João Cayatte, Beatriz Batarda, Polina Klimovitskaya, Thiago Felix, Almeno Gonçalves, Ricardo Correia, João

Continuar a ler...

Vasco Barroso | Novo Agenciamento

Começou em 2008 o seu percurso com o teatro O’Bando, com quem teve a oportunidade de trabalhar em vários eventos de teatro internacionais, estudou na Escola Profissional de Teatro de Cascais onde se formou como actor, tirou um curso do método de Michael Tchekov em Londres e actualmente frequenta a licenciatura de teatro – Ramo de actores na Escola Superior de Teatro e Cinema. Em teatro trabalhou com a Escola

Continuar a ler...

PEDRO DAMIÃO em “Menina Júlia”, encenação de Renata Portas | De 9 a 19 Fevereiro, no Teatro Carlos Alberto

encenação RENATA PORTAS tradução AUGUSTO SOBRAL dramaturgia HUGO MIGUEL SANTOS assistente de dramaturgia CAIO GABRIEL apoio ao movimento ISABEL ARIEL DJ em palco REDSHOES (FILIPA VARANGA) espaço cénico LEONIE KOHUT desenho de luz MÁRIO BESSA figurinos JORDANN SANTOS assistência de encenação PEDRO MANANA produção SUSANA OLIVEIRA estagiária de dramaturgia e produção ADRIANA TIRONI interpretação ANA CRIS, SÍLVIA SANTOS, PEDRO DAMIÃO coprodução PÚBLICO RESERVADO, TEATRO NACIONAL SÃO JOÃO comunicação LINA&NANDO- (fotografias

Continuar a ler...

JOÃO CRAVEIRO, PAULO DUARTE RIBEIRO E TIAGO FERNANDES na série “Até Que a Vida Nos Separe”, de Manuel Pureza. A partir de 10 de Fevereiro, na NETFLIX. Disponível em 198 países 

Um concurso de talentos onde seis candidatos se apresentam perante a plateia. No final, o público vota no seu “A série da RTP, uma produção da Coyote Vadio, alcança feito inédito na ficção nacional: pela primeira vez a Netflix adquire um conteúdo português para estreia a nível global.” preferido, levando ao pódio o mais votado. Entretanto, uma audiência de jurados VIP irá ao rubro com as apresentações bombásticas dos concorrentes

Continuar a ler...

PAULO DUARTE RIBEIRO em “Taras & Manias”, enc. Hugo Franco, de 20 janeiro a 26 fevereiro no Teatro da Comuna

Um concurso de talentos onde seis candidatos se apresentam perante a plateia. No final, o público vota no seu preferido, levando ao pódio o mais votado. Entretanto, uma audiência de jurados VIP irá ao rubro com as apresentações bombásticas dos concorrentes e difícil será eleger o grande vencedor. Autoria: José Campos e Hugo FrancoEncenação: Hugo FrancoInterpretação. Carlos Paulo, Hugo Franco, Luís Gaspar, Maria Ana Filipe, Paulo Duarte Ribeiro e Sissi

Continuar a ler...

JOÃO CRAVEIRO é o Torto na série “Crimes Submersos”, realização de Joaquín Llamas sextas-feira às 21h, na RTP1

Devido a um período de seca extrema, a albufeira de Campomediano fica sem água, deixando a descoberto uma antiga aldeia submersa onde são encontrados dois cadáveres mumificados com ferimentos de bala. A inspetora Daniela Yanes e o jornalista Óscar Santos suspeitam que o crime possa estar relacionado com os protestos ambientais que, vinte anos antes, procuraram travar o alargamento da barragem. Mas quando se junta à investigação o inspetor português

Continuar a ler...

Maria João Freitas | Novo Agenciamento

Nasceu em 1995 e iniciou a sua formação artística em 2001 na Academia de Música de S.João da Madeira- Violino, frequentando simultaneamente a Academia de Bailado Ana Luisa Mendonça- Ballet Clássico.  É Licenciada em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. Em 2017 frequentou o Curso Profissional de Acting de Audio Visuais na World Academy e ingressou no Curso Profissional de Actores na ACT (2018-2021).

Continuar a ler...

Pedro André | Novo Agenciamento

Licenciado em Teatro pela Escola Superior de Teatro e Cinema, Pedro André nasceu a 3 de Novembro de 1993 em Lisboa. Em 2010 fez um primeiro workshop de iniciação às técnicas de actor na Act- escola de actores. No ano seguinte integrou o curso profissional de três anos (2011-2014) entre muitos outros professores foi lecionado por nomes como: Nicolau Breyner, Elsa Valentin, Beatriz Batarda, Marie Brand, António Pires, Nuno Nunes

Continuar a ler...

ANA BRANDÃO em “O BALCÃO”, de Jean Genet, encenação de Nuno Cardoso | De 7 a 23 de janeiro, no TNSJ

TRADUÇÃO REGINA GUIMARÃES CENOGRAFIA F. RIBEIRO FIGURINOS TNSJ DESENHO DE LUZ FILIPE PINHEIRO SONOPLASTIA JOÃO OLIVEIRA VÍDEO FERNANDO COSTA VOZ CARLOS MEIRELES MOVIMENTO ELISABETE MAGALHÃES DRAMATURGIA NUNO CARDOSO, RICARDO BRAUN ASSISTÊNCIA DE ENCENAÇÃO RICARDO BRAUN INTERPRETAÇÃO AFONSO SANTOS, ANA BRANDÃO, ANTÓNIO AFONSO PARRA, JOANA CARVALHO, JOÃO MELO, MARGARIDA CARVALHO, MARIA LEITE, MÁRIO SANTOS, RODRIGO SANTOS, SÉRGIO SÁ CUNHA PRODUÇÃO TEATRO NACIONAL SÃO JOÃO

Continuar a ler...

RITA CRUZ em “Uma Dança das Florestas”, de Wole Soyinka com encenação de Zia Soares.

tradução Rita Correia dramaturgia Zia Soares outros textos Zia Soares interpretação Ana Valentim, Cláudio da Silva, Gio Lourenço, Júlio Mesquita, Matamba Joaquim, Miguel Sermão, Rita Cruz, Vera Cruz cenário e figurinos Neusa Trovoada música Xullaji design de luz Jorge Ribeiro assistência à encenação de movimento Vânia Doutel Vaz voz off Xullaji, Zia Soares confeção de figurinos Aldina Jesus Atelier fotografia Mónica de Miranda vídeo (teasers) António Castelo estagiário (Bolsa Procultura)

Continuar a ler...

Tiago Fernandes em “Romeu & Julieta” de William Shakespeare | Encenação de Luís Moreira | 26 Nov, no Teatro Diogo Bernardes entre 15 de Dez a 9 Jan, no Teatro do Bairro

Depois de Noite de Reis, Sonho de Uma Noite de Verão, Muito Barulho Por Nada e Hamlet, chega a vez de Romeu & Julieta, a segunda tragédia do ciclo “Três Comédias, Três Tragédias”, dedicado a William Shakespeare. Neste espetáculo do Filho do Meio, a mais bela história de amor, conhecida por todos, é contada ao contrário: do fim para o início. Romeu e Julieta estão mortos, depois fogem, depois casam, e

Continuar a ler...