Manuela Couto

Iniciou a sua actividade profissional no Teatro de Animação de Setúbal, em 1982. Em 1986 concluiu o Curso de Formação de Actores da Escola Superior de Teatro e Cinema, e inicia uma colaboração de quinze anos com João Mota, na Comuna Teatro de Pesquisa, tendo participado como actriz em inúmeros espectáculos dos mais diversos autores.

Posteriormente trabalhou com encenadores como: Álvaro Correia, Cristina Carvalhal, Alfredo Brissos, Fernanda Lapa, Fernando Gomes, Carlos Avilez, Almeno Gonçalves, Marcos Barbosa, Rodrigo Aleixo.

No cinema trabalhou com Jorge Silva Melo, José Nascimento, Cláudia Varejão, Tiago Guedes, Frederico Serra, António Pedro Vasconcelos, Leonel Vieira, Vicente Alves do Ó, Miguel Gomes, Diogo Salgado, Ilyas Kaduji e, em Espanha, Marcel Barrena.

Em 2002 inicia uma actividade regular na Televisão, tendo participado em diversas novelas, séries e telefilmes, bem como na direcção de actores.

Em 2009/2010 dirigiu o Departamento de Elencos da Plural Enterrtainment.

Leccionou no Curso de Interpretação para Televisão da Universidade Lusófona e na Nicolau Breyner Academia. Desde 2021 faz parte do Júri Externo da PAP da Escola Profissional de Teatro de Cascais.

Em 1992 recebe o prémio Sete de Ouro- Actriz Revelação com a peça Má Sorte Ter Sido Puta. Em 2006 recebe o prémio Lux- Personalidade de Cinema com o filme Coisa Ruim de Tiago Guedes e Frederico Serra. Foi nomeada para os Globos de Ouro nas categorias de Teatro e Cinema, em 2005 e 2006. Em Setembro de 2016, foi agraciada com a Medalha de Honra da Cidade de Setúbal, na Classe de Actividades Culturais.

Manuela Couto

Iniciou a sua actividade profissional no Teatro de Animação de Setúbal, em 1982. Em 1986 concluiu o Curso de Formação de Actores da Escola Superior de Teatro e Cinema, e inicia uma colaboração de quinze anos com João Mota, na Comuna Teatro de Pesquisa, tendo participado como actriz em inúmeros espectáculos dos mais diversos autores.

Posteriormente trabalhou com encenadores como: Álvaro Correia, Cristina Carvalhal, Alfredo Brissos, Fernanda Lapa, Fernando Gomes, Carlos Avilez, Almeno Gonçalves, Marcos Barbosa, Rodrigo Aleixo.

No cinema trabalhou com Jorge Silva Melo, José Nascimento, Cláudia Varejão, Tiago Guedes, Frederico Serra, António Pedro Vasconcelos, Leonel Vieira, Vicente Alves do Ó, Miguel Gomes, Diogo Salgado, Ilyas Kaduji e, em Espanha, Marcel Barrena.

Em 2002 inicia uma actividade regular na Televisão, tendo participado em diversas novelas, séries e telefilmes, bem como na direcção de actores.

Em 2009/2010 dirigiu o Departamento de Elencos da Plural Enterrtainment.

Leccionou no Curso de Interpretação para Televisão da Universidade Lusófona e na Nicolau Breyner Academia. Desde 2021 faz parte do Júri Externo da PAP da Escola Profissional de Teatro de Cascais.

Em 1992 recebe o prémio Sete de Ouro- Actriz Revelação com a peça Má Sorte Ter Sido Puta. Em 2006 recebe o prémio Lux- Personalidade de Cinema com o filme Coisa Ruim de Tiago Guedes e Frederico Serra. Foi nomeada para os Globos de Ouro nas categorias de Teatro e Cinema, em 2005 e 2006. Em Setembro de 2016, foi agraciada com a Medalha de Honra da Cidade de Setúbal, na Classe de Actividades Culturais.