Carolina Amaral é Carolina em “Glória”, de Tiago Guedes | Netflix Internacional | Estreia em simultâneo em 190 países

Em 1968, Glória do Ribatejo fervilha de espiões, mentiras e segredos. João Vidal, engenheiro na Rádio Europa Livre, joga em todas as frentes da Guerra Fria em Portugal.
Glória é um thriller de espionagem histórico centrado na RARET, o escritório secreto de retransmissão Livre. Em pleno Portugal nos anos 60, a série mostra como Glória, uma pequena aldeia do Ribatejo, se tornou um improvável palco da Guerra Fria, onde as forças americanas e soviéticas lutaram através de perigosas manobras de sabotagem para obter o controlo da Europa. No centro desta história está João Vidal, um jovem de família com ligações ao Regime Fascista Português, que é recrutado pelo KGB depois de se politizar a Guerra Colonial. João ver-se-á envolvido nas intrincadas teias do jogo da espionagem e, no final de contas, compreenderá que, seja qual for o lado em que esteja, o mundo, principalmente o da espionagem, nunca é a preto e branco.